Aeronave do Estado transporta bebê para tratamento da atrofia muscular espinhal

Fotos: Divulgação / CBMSC

Uma equipe do Batalhão de Operações Aéreas, do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, em parceria com o Grupo de Resposta Aérea de Urgência (GRAU), realizou na tarde deste domingo, 21, o transporte aéreo de um bebê de 7 meses com atrofia muscular espinhal (AME), a qual necessita da medicação Spinraza, o que será feito no Hospital Joana de Gusmão em Florianópolis.

A paciente e a mãe foram transportadas de Xanxerê até a Capital. A aeronave modelo Carajá, do Governo do Estado, levou cerca de uma hora para fazer o trajeto de 387 quilômetros.

Trabalho integrado no atendimento

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina trabalhou em parceria com o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e a Superintendência de Serviços Especializados e Regulação da Secretaria de Estado da Saúde. Para esta ocorrência a equipe de saúde da aeronave Arcanjo-04, com médico, enfermeiro e um bombeiro militar, se deslocaram para Xanxerê, acompanhada de um familiar, para levar o bebê em segurança.

Essa aeronave permite oferece condições de levar o acompanhante até o destino, uma vez que é um bebê, sendo menor de idade, e necessita da presença de um responsável.

Tempo é aliado no tratamento

O transporte aeromédico garante rapidez, segurança e conforto para o procedimento. No caso da AME, estudos apontam a eficácia do medicamento na interrupção da evolução da doença para casos mais graves, quadro comum nesta patologia. Por isso, a urgência no tratamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui